domingo, 3 de febrero de 2013

POEMAS EM PORTUGUÊS (5).

 
* Imagen extraída de www.flickr.com


LUSA VIAGEM

Quentes costas africanas,
Até Goa, Macau, Timor...
Depois da Reconquista,
Desejo marinho e conquistador.


E o imenso Brasil,
E aqueles padrôes,,
Deixados no ponto luz,
Para mais belas recordações.


Viagem lusa pelo mundo,
Viagem das quinas ensinadas,
Viagem de beijo do céu,
Viagem das próprias Lusíadas.


Desde Lisboa e dos Algarves,
Um porto sempre por achar,
Desde Madeira e Açores,
Tudo é viagem: Portugal.


Lusitana viagem,
Lusitana paixâo,
Histórica vontade,
De alguma solução.


O nevoeiro da ventura,
Fica com o Rei Dom Sebastião;
Alma de Santo António,
E de Deus, Sâo João.


A alma portuguesa,
Está na viagem,
Está nas ondas,
Está na bagagem.


A lusa viagem é,
O fado renascido,
Que vem com belo ar,
De imperial patrício.


Agora! É a hora!
Nao é hora do fingidor,
É hora da lusa viagem,
É hora do português coração.







ANTONIO MORENO RUIZ: UNA POESÍA BRASILEÑA.

 

ANTONIO MORENO RUIZ: UNA POESÍA BRASILEÑA (2).

 

PORTUGAL: SEMPRE NA INSPIRAÇÃO

 

PORTUGAL: SEMPRE NA INSPIRAÇÃO (2).

 


PORTUGAL: SEMPRE NA INSPIRAÇÃO (3).

 

SAUDADE DE PORTUGAL.

 

SAUDADE DE PORTUGAL (II).

SAUDADE DE PORTUGAL (III).

 

SAUDADE DE PORTUGAL (IV).
 

ENTRE A SAUDADE DE PORTUGAL E UMA POESIA BRASILEIR...

SAUDADE DE PORTUGAL (V).
 
SAUDADE DE PORTUGAL (VI).
 

POEMAS EM PORTUGUÊS.

POEMAS EM PORTUGUÊS (2).



 
POEMAS EM PORTUGUÊS (3).

POEMAS EM PORTUGUÊS (4).